Resenha: "Xadrez - Fabiane Ribeiro"

dezembro 11, 2011


Olá, tudo bem? Hoje trago a resenha do livro "Xadrez" da Fabiane Ribeiro, um livro emocionante cheio de lições a serem aprendidas que são ensinadas por uma garotinha de apenas 8 anos.


Anny, nasceu em um período difícil, na Inglaterra de uma gravidez não planejada por Cindy, sua mãe. E com apenas 8 anos, ela teve que se separar dos pais, estes que sempre foram criminosos, precisaram viajar pelo mundo e Anny não poderia acompanhá-los.

Para Cindy, sua filha era só um estorvo indesejado, confesso que a odiei do começo ao fim do livro, já seu pai Jefferson sempre fora seu herói e se esforçava para estar com a filha todos os sábados antes dos dois partirem sem poder voltar. A partir daí, Anny passa a morar com Jane e Hermes que supostamente cuidariam dela, mas é o que menos fazem.

Xadrez, conta a história de um pequeno anjo, que sofre nas mãos de Jane, que desperta o velho poeta em Hermes, que a tanto tempo fora oculto por a imagem de um homem triste e que desistira de viver. E este passa também a ser um grande amigo, que a ajudou nos momentos mais difíceis.

Confesso que me emocionei em algumas partes do livro, onde a menina é maltratada por "motivos" pequenos, mas em nenhum momento ela desrespeita ou se entristece com os castigos, ela continua sendo uma menina boa e meiga.

Em certo momento do livro, Anny conhece Pepeu que chega misteriosamente em seu jardim, e que passa a ser seu grande parceiro de xadrez, e também um amigo e irmão, o livro também conta um pouco da história de Pepeu que é tão emocionante quanto a de Anny.

As partes que eu mais gostei do livro é quando ela se transporta para o reino xadrez em sonhos, aonde ela é a rainha e tudo que lá existe é reflexo do seu coração inocente de criança, e também de seu estado de espírito.

Durante toda a história, a menina nunca perdeu a esperança de que quando a neve chegasse, Cindy e Jefferson viriam visita-la, mas ao decorrer de tudo, Anny conhece pessoas maravilhosas, como: Pepeu, Nicole, Frank, Desiré, George, Hermes e Angel que à faziam esquecer da dor da saudade.

Anny já está com dezoito anos, quando desisti de esperar que os pais voltem, mas nunca deixou de pedir ao Papai do céu que olhasse por eles, então decidi seguir seu caminho, o da arte.

Os dois últimos capítulos trazem um final emocionante e lindo, com grandes surpresas e revelações, mais não vou deixar spoilers aqui, vocês terão que ler para saber o desfecho dessa história linda!

"Eu aprendi também que ser feliz não é ter tudo o que se quer. É lutar às vezes perder, às vezes ganhar, mas sempre seguindo o coração."

Espero que tenham gostado!


 

Abraços e boa leitura à todos!

6 comentários:

  1. O livro parece ser lindo e emocionante!
    Acho que vou chorar horrores nele!
    Não vejo a hora de lê-lo!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha Fani ! O livro parece ser bem legal :3. Gostei bastante da capa também *-* .

    Beijão,

    Cantinho de uma garota
    @thalita0liveira

    ResponderExcluir
  3. Nossa que massa ! Muito boa resenha e esse livro vem chamando a minha atnção um tempinho ... Autora eu te quero kkk - O seu livro !

    ResponderExcluir
  4. A história parece ser cheia de emoções e lições de vida, gostei!

    Rafa :)
    Blog Melody

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde!
    Passando apenas para divulgar o novo projeto de resenhas literárias, o O Leitor: http://oleitor2.blogspot.com/

    Se puder participar, agradeço.
    Obrigada

    Pamela

    ResponderExcluir
  6. tenho vontade de ler esse livro mais ainda não achei aqui para vender

    ^^

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e faça uma blogueira feliz!
Obrigada.